fbpx

Fique por dentro

Notícias, eventos e artigos

Enfim plástico renovável para embalagem alimentícia no Brasil

    A embalagem de bioplástico é um material de embalagem derivado de resinas de base biológica, ao contrário de base petroquímica. As resinas fornecem propriedades como resistência à tração, maior resistência ao impacto, ao material de embalagem e protegem o produto embalado.
     Os bioplásticos são amplamente utilizados pela indústria de embalagens no mundo, especialmente para produtos não duráveis. As embalagens alimentícias são para uso único, o que leva os produtos de embalagem a serem resíduos, portanto, há uma necessidade fundamental de embalagens de bioplástico biodegradáveis. Além disso, há demanda por produtos de embalagem sustentáveis e renováveis.

A marca

    A Nutrella, marca de pães do Grupo Bimbo, passou a utilizar o “polietileno verde”, produzido pela Braskem, nas embalagens da nova linha de pães com farinhas de grãos germinados.
embalagem de bioplástico
     De acordo com Gustavo Sergi, diretor de químicos renováveis da Braskem, a proposta da linha Nutrella Viva está alinhada com o propósito do bioplástico, que atende à demanda por soluções sustentáveis. A embalagem segue a proposta do movimento Clean Label, uma tendência impulsionada por consumidores que buscam por alimentos produzidos com ingredientes naturais fáceis de reconhecer, compreender e pronunciar.

Como

    Para seguir o conceito de sustentabilidade, a empresa adotou o uso de biopolímero, feito a partir de eteno obtido da cana-de-açucar, ou seja, origem renovável e reciclável, mas que mantém as propriedades técnicas e mecânicas do plástico obtido por vias convencionais, de origem fóssil.

O futuro da embalagens

     A conscientização dos consumidores para produtos biorenováveis impulsionará o mercado global de embalagens de bioplásticos. Como substituto para o material de embalagem de base petroquímica, os materiais de embalagem de bioplástico são o foco dos fabricantes de produtos químicos. Esses fabricantes estão investindo na pesquisa e no desenvolvimento de embalagens baseadas em bioplásticos para reduzir custos e reduzir as emissões de gases de efeito estufa.
     Devido às rigorosas regulamentações sobre meio ambiente, espera-se que a Europa seja o maior mercado da indústria global de embalagens de bioplástico. A região da Ásia-Pacífico é projetada para ser um mercado potencial durante o período de previsão. A indústria de embalagens florescentes em países como a Índia e a China impulsionará o mercado de embalagens de bioplásticos da região.
FONTE: Revista Plástico Industrial, Fair Columnist

CONFIRA TAMBÉM: COMO MELHORAR A QUALIDADE DOS PLÁSTICOS RECICLADOS