Ícone do site Grupo Alltech

Enfim plástico renovável para embalagem alimentícia no Brasil

plastico renovavel para embalagem
    A embalagem de bioplástico é um material de embalagem derivado de resinas de base biológica, ao contrário de base petroquímica. As resinas fornecem propriedades como resistência à tração, maior resistência ao impacto, ao material de embalagem e protegem o produto embalado.
     Os bioplásticos são amplamente utilizados pela indústria de embalagens no mundo, especialmente para produtos não duráveis. As embalagens alimentícias são para uso único, o que leva os produtos de embalagem a serem resíduos, portanto, há uma necessidade fundamental de embalagens de bioplástico biodegradáveis. Além disso, há demanda por produtos de embalagem sustentáveis e renováveis.

A marca

    A Nutrella, marca de pães do Grupo Bimbo, passou a utilizar o “polietileno verde”, produzido pela Braskem, nas embalagens da nova linha de pães com farinhas de grãos germinados.
     De acordo com Gustavo Sergi, diretor de químicos renováveis da Braskem, a proposta da linha Nutrella Viva está alinhada com o propósito do bioplástico, que atende à demanda por soluções sustentáveis. A embalagem segue a proposta do movimento Clean Label, uma tendência impulsionada por consumidores que buscam por alimentos produzidos com ingredientes naturais fáceis de reconhecer, compreender e pronunciar.

Como

    Para seguir o conceito de sustentabilidade, a empresa adotou o uso de biopolímero, feito a partir de eteno obtido da cana-de-açucar, ou seja, origem renovável e reciclável, mas que mantém as propriedades técnicas e mecânicas do plástico obtido por vias convencionais, de origem fóssil.

O futuro da embalagens

     A conscientização dos consumidores para produtos biorenováveis impulsionará o mercado global de embalagens de bioplásticos. Como substituto para o material de embalagem de base petroquímica, os materiais de embalagem de bioplástico são o foco dos fabricantes de produtos químicos. Esses fabricantes estão investindo na pesquisa e no desenvolvimento de embalagens baseadas em bioplásticos para reduzir custos e reduzir as emissões de gases de efeito estufa.
     Devido às rigorosas regulamentações sobre meio ambiente, espera-se que a Europa seja o maior mercado da indústria global de embalagens de bioplástico. A região da Ásia-Pacífico é projetada para ser um mercado potencial durante o período de previsão. A indústria de embalagens florescentes em países como a Índia e a China impulsionará o mercado de embalagens de bioplásticos da região.
FONTE: Revista Plástico Industrial, Fair Columnist

CONFIRA TAMBÉM: COMO MELHORAR A QUALIDADE DOS PLÁSTICOS RECICLADOS

Sair da versão mobile