fbpx

Fique por dentro

Notícias, eventos e artigos

A origem do plástico e sua evolução

A origem do plástico está intrinsecamente relacionada à necessidade que o ser humano sentiu em desenvolver um material que fosse resistente, moldável e com um ótimo custo-benefício.

Veja como se deu a origem do plástico, sua evolução ao longo das décadas e como é o processo de moldagem.

Qual a origem do plástico?

O primeiro tipo de plástico surgiu por volta de 1856 pelas mãos de Alexander Parkes, que buscava desenvolver um material para substituir a borracha. Como resultado, a parkesina era um material derivado da celulose que podia ser moldado por aquecimento e preservava a forma ao resfriar.

Já o plástico descartável surgiu em 1909. Na época, havia uma demanda latente em razão da legislação americana, que passou a proibir o uso de xícaras comunitárias em trens visando mitigar a transmissão de doenças.

A evolução do plástico

Entre 1910 e 1950: o plástico chega às roupas e objetos comuns

Durante essas décadas, houve uma evolução muito impactante na indústria do plástico. Surgiram categorias de plástico como o poliestireno, o poli (cloreto de vinila) e os polímeros acrílicos

Na década de 50, especificamente, os plásticos estavam a todo o vapor na confecção de roupas e produção de objetos comuns.

Os tecidos feitos a partir de nylon, poliéster e lycra ganharam o mercado por serem fáceis de lavar, baratos e não amassarem.

Entre 1960 e 1980: o plástico chega ao espaço

Nessa época, o plástico e todas as suas variações estavam em constante ascensão em diferentes setores da sociedade, chegando a ocupar espaços estéticos e visuais.

Nas artes plásticas, por exemplo, ele ganhou destaque no movimento modernista, sendo o principal símbolo de inovação e tecnologia.

Ao mesmo tempo, o plástico estava indo para o espaço com os astronautas. Na rotina das pessoas, chegou finalmente às embalagens de produtos, canetas, brinquedos, CDs e até mesmo às fotografias.

Entre 1990 e 2000: o plástico domina as indústrias de alimentos e automotivas

No final do século XX, quem chegava aos hipermercados notava o aumento substancial de plástico nas embalagens. Por manter o frescor dos alimentos e mitigar contaminações, os plásticos ganharam todas as prateleiras.

A indústria automotiva também incorporou o uso de plástico devido à leveza do material e à consequente redução no consumo de combustível. 

De 2001 até hoje: o plástico permanece e o processo de reciclagem ganha força

A indústria passa a investir mais em plásticos reciclados, e as pessoas começam a ter um olhar positivo sobre essas iniciativas.

Indústrias e multinacionais anunciam pacotes de ações visando inserir cada vez mais o plástico reciclado nas linhas de produção.

Dessa forma, a recuperação do material já utilizado e sua reinserção na cadeia produtiva fazem surgir uma tendência de ecodesign, que visa aumentar a qualidade desses processos.

Origem do plástico: como é moldado?

Basicamente, o processo de moldagem do plástico ocorre por meio da injetora de plástico, uma categoria de máquina industrial amplamente utilizada em diversos setores da indústria brasileira.

A moldagem de plástico representa a capacidade de fabricar produtos e peças, permitindo a alta produtividade da indústria e a qualidade do resultado.

Hoje, a injetora de plástico permite a fundição e moldagem de polímeros conforme as necessidades do cliente.

Na etapa de transformação, o plástico é aquecido e injetado em um molde para dar forma à peça. Por fim, o molde é resfriado e aberto para a extração do produto.

Saiba mais sobre o processo de moldagem do plástico no blog do Grupo Alltech.

Alltech Máquinas e Equipamentos LTDA